quinta-feira, 11 de agosto de 2011


Diário de um batom

7
Fico aqui esperando a minha vez na estante do seu banheiro. Pacientemente aguardo pelo momento certo de ir ao seu encontro e levo comigo a certeza que a espera valerá a pena. Me assusta o quão pequeno sou comparado à sua grandeza, você nem precisa de mim para ser linda. Nossos momentos sempre tão breves e ao mesmo tempo tão intensos, apenas sua boca macia e o toque da sua mão curam as feridas abertas pela saudade. Será que eu deveria me contentar com as faíscas que você pode me oferecer? Eu desejo me queimar no calor da sua pele e tenho consciência que desejar deslizar nos seus lábios eternamente é pedir demais. Seu encanto e magnetismo me impedem de definhar com o vazio provocado pela falta do seu toque. Às vezes no escuro do armário me pergunto quanto tempo falta para nosso próximo encontro, essa expectativa faz meu coração palpitar ainda mais quando ouço o timbre da sua voz se aproximando. São inexplicáveis as sensações que você me proporciona. Hoje em dia eu fui quase completamente consumido pela sua boca, estou me acabando. Quero com todas as minhas forças, quero como último pedido de um condenado, ser possuído por você novamente e seguir de novo os contornos da sua face, olhar em seus olhos, sentir o seu perfume, ver pela última vez seus cabelos compridos, dar meu último suspiro e enfim chegar ao fim da vida nas mãos da minha única e preciosa dona.

7 Comentários:

Mari Sayuri disse...

Oi Bee!! Tudo bom!!?
Ai que blog mais lindo!!*-*
Amei essa postagem! Esse desenho é daquele estilo coreano, não é?
Poxa, eu quase não uso batom...
Como você conseguiu personificar o amor num lugar tão inesperado
um beijo, vou seguir aqui e aparecer sempre^o^
http://ondevaoasnuvens.blogspot.com

Kivia Nascentes disse...

Olá Bee (:
Adorei o blog, muito fofo *-*
adoro blogues assim, bem leves e clean.

Quanto a pergunta do curso de Jornalismo...eu o acho incrivel, você tem contado com várias áreas, é muito abrangente e interessante. Os primeiros períodos sao sempre meio chatinhos, muito teóricos, mas logo fica ótimo, não que os primeiros sejam ruim.

beijos!

Kivia Nascentes disse...

ps: amei o ratinho, hahaha
acho que tentei enlouquecê-lo jogando mil bolinhas pra ver se ele comia tudo
hahahah

Thales Darwin disse...

estranho é o dona se apaixonar por seu batom...

Ana disse...

Oi, Bee :)

Eu gosto de batom de todas as cores, mas tenho uma preferência enorme por cores mais escuras. Acho lindo. Fica sensual na boca. xD
Post muuito legal! :D

Sobre o comentário lá no blog:

Acabei de fazer uma pesquisa sobre o livro "Uma mulher em Berlim". Tem uma narrativa muito forte, com bastante realismo sobre a guerra.
Vou aguardar um post sobre o livro.

Bjs ;)

livrosecrivos disse...

que texto incrível. adoro essa personificação de objetos, o resulto é sempre algo bem encantador e mágico!
gostei muito do teu blog. voltarei mais vezes

junior disse...

Fala meu xodó, acho que esse foi o melhor texto seu que eu já li e se nao é ta indo pra lista dos melhores. Adorei a ideia do batom ficou muito interessante. Belas palavras, tenho certeza que aprendeu comigo. bjo na boca , eu até vontade de usar batom ... : /

Postar um comentário

Que Personagem de Card Captor Sakura vc é?

Teste 
  feito no VICKYS.com.br

Teste feito no VICKYS.com.br