quinta-feira, 27 de janeiro de 2011


Minha maneira de socialização

6
Quando não conheço ninguém e sou obrigada a me socializar com pessoas só existem duas saídas: falar sem parar e tentar ser engraçada ao ponto de ser detestável ou me fechar por completo sem deixar nenhuma brecha para uma possível conversação. Ser uma pessoa normal não é uma opção.

Isso é estranho.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011


Ah, quem me dera...

11
todas as minhas cicatrizes fossem de amor;
minha preguiça tivesse motivo;
minha raiva tivesse razão;
alguns momentos durassem para sempre;
ler seus pensamentos;
ter paciência;
não estragar tudo sempre;
sair por aí sem rumo e sem chateação;
ouvir sempre a dura verdade;
cada um cuidasse da sua própria vida;
ser a personagem que eu quiser;
escrever minha história a meu gosto.
meu cachorro fosse bonzinho;
cada mancha na minha unha fosse um presente;
minha barriga fosse de chopp;                
ser boa em pelo menos uma coisa que eu faço;
conseguir ser simpática;
não ser julgada;
ser compreendida;
descobrir quem eu sou.

domingo, 23 de janeiro de 2011


2
"Você e eu no rio Charles. Eu podia morrer agora,Clem. Eu estou feliz. Nunca me senti assim antes. Estou exatamente onde queria estar."

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011


Os 3 estágios de qualquer relacionamento

12
1ª FASE: O começo de todos os relacionamentos... Seria bom se os três estágios fossem como o primeiro. Você nem conhece os defeitos da pessoa e ela também não conhece os seus, e você está fazendo de tudo para escondê-los porque você sempre esta tentando agradar e tratá-la da melhor maneira possível. Surgem os apelidos: amor, querido, meu bem, bebê, chuchuzinho, coração... Se você for mulher, no telefone você vai fazer a voz de criança meiga e se for homem é locutor de rádio. Todas as piadas são engraçadas! E muitas vezes nem apresentados para a família foram.


2ª FASE: É a mais crítica de todas, aqui vocês já estão íntimos o bastante para mexer no celular do outro trocar senha de sites de relacionamento e ainda se sentir no direito de tirar satisfações caso encontre alguma coisa que tenha desagradado. Ciúmeeeeess. Brigas por motivos bobos, mudança no tom de voz, modo de atender o telefone, cumprimentar uma pessoa, TUDO pode ser motivo de briga, e será! Muitas vezes a raiva passa rápido, é um ciclo, um arruma o motivo, eles brigam, depois arrependem, pedem desculpas ficam bem mas depois de pouco tempo já estão brigando de novo e não estranhe se for pelo mesmo motivo. Não é difícil chegar a 2ª fase, difícil é superá-la.



3ª FASE: Parabéns se você conseguiu chegar até aqui!! Você encontrou a estabilidade. Não existe mais fantasia, o casal vive a realidade. Um já conhece os defeitos do outro, e se estão juntos é porque aprenderam e conviver com todos eles. Um aceita o outro assim como ele é. Eles evitam atingir um ao outro no seu ponto fraco, só quando precisam, claro. A quantidade de desentendimentos diminui, assim como o sexo. E tanto faz que o relacionamento caiu na rotina, o importante é o amor sincero! haha


Obs:.Falo como se fosse especialista mas nunca passei da primeira fase! oskoksoks

4


"Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser."

1

Eu não ligo pro seu passado. Só quero saber se há algum lugar pra mim no seu futuro.

Quando acorda

3
Ela acorda todos os dias assim, abrindo os olhos lentamente, ficando parcialmente cega com os raios solares e fingindo não ouvir os repetitivos gritos histéricos da mãe. Se levanta e sente os pés descalços congelarem ao tocar o chão, a cama quente continua desarrumada e o que ela mais queria era poder voltar para ela. Ao se olhar no espelho viu seu reflexo, com seus cabelos desalinhados e olhos sonolentos. No banho sente a água caindo, fecha os olhos e sentindo aquele calor consegue simular o conforto que estava sentindo quando estava deitada na cama. Mas o tempo não para de correr e ela tem que sair. Exausta de todos os dias ter escolher uma roupa para sair ela escolhe a primeira que vê e jura não se importar caso a combinação não esteja "na moda". Mais duas horas de transporte até chegar na faculdade. Assim começa mais um dia qualquer da sua vida.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011


1
Estava pensando se não seria melhor acabar com os meus milhões de blogs e transformá-los em um...
Ainda é apenas um projeto.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011


Meu testamento

2
Sinto que não me restam mais muitos dias entre vocês. Sentirei falta de todos, não queria ir tão rápido, e tudo isso que uma pessoa diz quando esta morrendo. É uma pena que nesse mundo que dá tanto valor aos bens materiais, eu não tenha nenhum para deixar aos meus entes queridos. Mas ofereço de coração o que eu tenho. Meus tesouros estão enterrados dentro dos livros empilhados na minha estante. Cuidado ao abrir minha mochila, lá dentro tem muita preguiça. Guardo minhas lembranças escritas em agendas, existe uma gaveta cheia delas. Se quiser alegria meus amigos certamente poderão lhe mostrar. Dentro do meu guarda-roupa existe mais desleixo que vaidade, então veja o que pode ser aproveitado. Se quiserem amor... não me lembro ao certo onde deixei, mas minha mãe ou meu pai com certeza saberão onde encontrar. Se quiser desastre é só ir até a cozinha. Minha dignidade, bem, essa eu levei comigo, foi mal, é que eu preciso dela. E se não encontrarem, procurem mais, porque espero ter deixado um pouco de saudade...

Sofrer demais é opção?

0
SOFRER DEMAIS É OPÇÃO ?
         Eu li um texto sobre esse assunto e achei o tema interessante. A autora, Liliane Prata, concluía assim: "E você, o que acha?" Eu acredito que sofrer muito é sim opção. Lógico que todo mundo tem problemas, a diferença está em como as pessoas reagem diante deles, umas parecem estar acima de qualquer obstáculo, inatingíveis, outras aparentam ser tão frágeis... Por que as coisas não podem ser simples pra todo mundo? Simplismente porque as coisas não são mesmo simples, e também, que graça teriam se fossem?
         Já ouviu o ditado: a vida é dura pra quem é mole? Existem pessoas que acham que o mundo esta contra elas, se sentem injustiçadas. Elas ainda não entenderam que a vida é feita de altos e baixos. Você tem que se sentir sozinho para aproveitar uma boa companhia, ficar triste para ser mais feliz, entendem esse raciocínio? Acredito que todo dia, logo quando você acorda, você tem duas opções: ser feliz, encarar as coisas com otimismo e poder transmitir essa energia positiva pras pessoas ou estar de baixo astral, se fazer vítima da sitação, reclamar... A todo momento acontecem coisas desagradáveis, mas você deve escolher aprender com eles, a vida é um aprendizado.
         Sei que na teoria parece ser muito simples, mas a gente sabe que na prática não é assim tão fácil. Não podemos nos culpar quando sofremos por uma briga ou separação, afinal, não falo pra banalizar os problemas, mas temos que fazer nossa parte, certo? Eu creio que quando um ciclo termina, é porque tinha mesmo que terminar, nós somos feitos de fases, o ser humano é feito de fases, mas as vezes essa transição é dificil, cabe a nós seguir em frente!
         Então quando eu digo que acredito que sofrer é opção é porque eu aprendi que todos os dias temos que escolher viver a vida em sua plenitude, viver por completo. Não há nada de errado em sentir raiva, saudades, ficar triste, chorar... Somos todos humanos, ora! Mas temos que buscar sempre o equilibrio, afinal o seu estado de espírito, a sua energia, influencia as pessoas a sua volta, eu creio piamente nisso, se cair, encontre forças para se levantar. Atitude, potanto, é tudo.

(17/10/09)

sábado, 1 de janeiro de 2011


Primeiro post de 2011

0


Primeiro, os que eu li em 2010 e depois os que eu pretendo ler em 2011.


Alguns livros que eu li em 2010:


Salvando um vira-lata - Mark Levin
É um livro em primeira pessoa no qual o narrador conta sua linda vida caridosa adotando cachorros e amando a família. Bom, deu pra ver o que eu não gostei muito dele. Meu avô me emprestou esse livro logo quando eu cheguei em Minas, ele disse que já que eu gostava muito de cachorros e vivia pegando animais de rua e levando para casa eu podia ler esse livro. Então eu li. Confesso, me emocionei com algumas partes porque a morte da minha cachorra ainda era recente e eu ainda estava um pouco sensível. Mas o narrador o tempo inteiro fica se exaltando, deixando sempre subentendido que é um pai amoroso, um bom marido, uma boa pessoa, quase deixa os cachorros em segundo plano. Sinceramente, não recomendo esse livro não.


Na Natureza Selvagem - Jon Krakauer
MARAVILHOSO!! São poucos os filmes que me estimulam a buscar o livro depois. Primeiro eu assisti ao filme e gostei tanto, tanto, que comprei o livro depois e me apaixonei mais ainda. Li na minha viagem a praia, o lugar criou uma atmosfera mais mágica ainda para eu ler esse livro. Conta a história REAL de Chris McCandless, que depois da sua formatura resolveu pegar sua mochila e fugir para o Alaska. O gosto literário dele é genial!!! E seus autores preferidos influenciaram sua visão em relação ao mundo e as pessoas, Jack London, Dostoievski, Henry Thoreau, são apenas alguns dos que ele cita! Com certeza quero relê-lo e sair sublinhando tudo e anotando todas essas obras que ele gostava. Me apaixonei pela sua história, me identifiquei com muitos dos seus pensamentos e está até na lista dos meus livros mais marcantes. Leiam!


História da Primeira Guerra Mundial - Mario Isnenghi
Comecei 2010 bem empolgada, porque desde que eu tenho História na escola eu espero pelo dia em que eu ia estudar Primeira Guerra, Segunda Guerra, Guerra Fria... E então como eu estava prestes a começar meu terceiro ano e finalmente teria essas matérias, resolvi me antecipar e estudar nas férias sobre esses assuntos. Então chamei um amigo meu que também gosta muito de história e domina o assunto para estudarmos antes de começarem as aulas. Como ele sabia muito e eu quase nada, comecei a estudar, buscar outras fontes, para que pudesse ter uma argumentação mais bem fundada sobre esses assuntos. Pedi para o meu pai comprar livros sobre A Primeira Guerra para que eu pudesse estudar e ele me trouxe esse. Gostei muito, tem várias figuras, que para esse tipo de literatura eu acho interessante, tem uma abordagem bem direta e simples. Não é uma narrativa que defende o lado pessoal do autor, não muito pelo menos. Os outros livros sobre Segunda Guerra e Guerra Fria ficaram para 2011.


A vida na porta da geladeira - Alice Kuipers
Meu pai achou esse livro interessante e me mostrou. A história do livro inteiro é narrada por meio de bilhetes pregados na porta da geladeira (daí o nome). Conta a história de uma mãe e uma filha que pouco se veem e por estarem sempre se desencontrando, conversam por bilhetinhos, cada página é um bilhete, o que torna o livro bem pequeno, o li num dia. Vale a pena, é bom fofo.


A metamorfose - Kafka
Muuuuito bom também! Fiquei curiosa sobre este livro quando meu professor de filosofia comentou sobre ele. Ele disse, todo mundo gosta de você hoje, mas para de produzir pra você ver! É a história do livro. O personagem principal é um caixeiro viajante que com o seu dinheiro proporciona uma vida bem confortável para a família. Mas um dia ele acorda e vira um inseto gigante! Então a família que o amava tanto, não quer nem alimentá-lo de tanto nojo e voltam os olhos para sua irmã que passa a ser a nova fonte de renda da família. É uma história chocante, uma crítica bem agressiva, do jeito que eu gosto.
PS:. a capa do livro que eu li é bem mais bonita, com capa dura azul e letras doiradas.

O lobo da estepe - Hermann Hesse
Esse foi um dos livros mais diferentes que eu li, não tem uma história linear, logo no começo quem eu achava que seria o personagem principal nem aparece mais do meio do livro pra frente, o livro é cheio de pensamentos e reflexões, só mais pro final mesmo que aparecem mais personagens pra dar um movimento na história, mas mesmo assim é uma história meio doida. Na verdade é uma crítica à guerra, aos que são a favor da guerra, algo do tipo, mas é muito bom. Eu amei todas suas reflexões sobre o estilo de vida burguês.

Que Personagem de Card Captor Sakura vc é?

Teste 
  feito no VICKYS.com.br

Teste feito no VICKYS.com.br