quarta-feira, 17 de março de 2010


3
Qual o problema de não querer falar com as pessoas que não são nada na minha vida? Eu sei que hoje a colega que te abraça e te chama de amiga amanhã não mede palavras para te mal dizer. Eu sei disso. Então por que sou coordenada por evitar falsos laços? Não é que eu te odeie, não é que eu seja mal-educada, mas eu não confio em você. Eu não tenho vontade de te abraçar ou conversar com você hoje, porque eu não quero que  depois você use o que eu disse contra mim. Eu realmente prefiro me isolar e dar atenção e carinho para quem, no meu julgamento, merece. Eu não vejo nada de errado nisso. Acabo me fechando para pessoas novas, mas eu ainda prefiro assim, e evitar traição e falsidade. Eu sei o que é tentar ser uma pessoa bacana e quebrar a cara. Eu sei. Eu adoro minha fama de antipática. Ah, eu tento todos os dias manter essa imagem. Não quero levar facadas pelas costas. Não mais. Eu só quero o que for verdadeiro pra minha vida. Um dia recebi um conselho que marcou minha vida. Irmã, eu consegui, eu sou um côco. Não mais me machuco quando caio, eu consegui criar uma barreira protetora. Eu confesso, sou covarde, isso tudo é porque tenho medo de me ferir. Essa barreira me limita, mas também me proteje. Eu entendo sua lição, hoje sou o côco. E sabe, eu gosto dessa maneira de viver. É mais cômoda pra mim. Cheguei num estágio que já não me preocupo na imagem que passo, nem o que dizem. Você não significa nada pra mim mesmo, por que deveria ligar? Eu sou muito feliz assim. Não me importa ter milhões de amigos. Eu só quero um, um em quem eu possa confiar.

3 Comentários:

Leandro Merlllin disse...

Uma construção bem diferente dos textos que leio, o que não significa que deixei de gostar. Conseguiu fisgar bem aquela velha barreira que a gente coloca, por medo da sequência aproximar/decepcionar/perder. É mais fácil se manter fechado do que possivelmente quebrar a cara no futuro seja qualquer o motivo, não?

É uma boa prova de que escreve muitíssimo bem, de maneira sutil, sem deixar de ser intensa e verdadeira.

Jessica disse...

Eu identifico-me tanto contigo =')
Escreves muito bem também. Adorei o texto.

Vinicius disse...

aaiimm *-*
é bonito como vc escreve
eu fiko viajando

muitas coisas sao oq muitas pessoas sentem e tem medo de falar

adorei =D

Postar um comentário

Que Personagem de Card Captor Sakura vc é?

Teste 
  feito no VICKYS.com.br

Teste feito no VICKYS.com.br